Politerapia Racional em Epilepsia

A combinação racional de antiepilépticos obedece a alguns princípios:

  • Estabelecer a dose mais adequada da primeira medicação
  • Evitar combinação de medicações com mecanismos similares de ação
    1. Bloqueadores de canais de sódio:
      fenitoína, carbamazepina/oxcarbazepina, lamotrigina, lacosamida
    2. Bloqueadores de canais de cálcio:
      gabapentina, pregabalina, etossuximida
    3. Medicações GABAérgicas:
      barbitúricos (fenobarbital), benzodiazepínicos (clobazam, clonazepam), vigabatrina
    4. Modulação pré-sináptica:
      levitiracetam
    5. Inibição da anidrase carbônica:
      acetazolamida
    6. Múltiplos mecanismos de ação:
      ácido valproico/valproato de sódio/divalproato de sódio, topiramato
  • Ajustes graduais das doses das medicações
  • Substituir a medicação menos eficaz em caso de resposta terapêutica inadequada
  • Adicionar uma terceira medicação em caso de falhas a múltiplas combinações de duas medicações

Bibliografia:

Brodie, Martin J.; Sills, Graeme J. Combining antiepileptic drugs — Rational polytherapy?. Seizure. 2011;20:369-75.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.