Sayōshi [作用子]

Num dos apêndices de seu livro (Chasing the Dragon’s Tail), Manaka Yoshio [間中善雄] (1911–1989 EC) transcreve e comenta um trabalho de Katsumata Yasumasa sobre o fenômeno por ele denominado de sayōshi [作用子] (ou “função fastasma”, conforme Manaka). Segundo a definição do sayōshi, toda substância imprime algumas de suas propriedades no espaço circunjacente, e elas persistem por algum tempo mesmo após sua remoção.

No caso da Acupuntura, a agulha definiria um vetor cuja ação sobre o Meridiano dependeria do sentido da inserção. Com efeito, num dos exemplos do artigo estudou-se o efeito de diferentes direções e sentidos de duas agulhas:

  • Duas agulhas na mesma direção e sentidos opostos: perdem efeito
  • Duas agulhas na mesma direção e sentido: adicionam seus efeitos
  • Duas agulhas em ângulo: equivalem a uma agulha de direção perpendicular ao plano das agulhas

O sayōshi interage com campos eletromagnéticos e objetos próximos porém pode ser cancelado se houver algum tipo de perturbação no espaço onde ele exista. Ou seja, é um conceito elegante porém muito sutil e de difícil demonstração. Em outra parte do livro menciona-se a ideia (atualmente desacreditada) da “memória da água” como “explicação” para os efeitos da Homeopatia:

Some modern homeopathic researchers have speculated that the original molecules of the substance, prior to dilution, actually imprint or stencil themselves permanently into the original solute, spatially rearranging the molecules in some way. After many dilutions, this original stenciling survives, even though molecules of the original substance are not present. This stenciling is as yet unproven. (…)

(MANAKA, 1995.)

Consta na bibliografia do Capítulo 2 (“The X-Signal System”) o estudo Human basophil degranulation triggered by very dilute antiserum against IgE, publicado em junho de 1988 na Nature e que, por algum tempo, serviu de “prova” para a eficácia da Homeopatia. Que se tenha refutado o artigo torna o conceito do sayōshi, por extensão, no mínimo discutível.


Bibliografia:

Katsumata, Y. On the Sayoshi Agent — Certain Unknown Factors Which Affect the Living Body. In: Manaka, Y; Itaya, K; and Birch, S. Chasing the Dragon’s Tail: The Theory and Practice of Acupuncture in the Work of Yoshio Manaka. Brookline, Massachusetts: Paradigm Publishers, 1995. p. 21,375-89.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.